Latest Posts

Categories

Sobre Mim

Sobre Mim

Susana L.

Susana, Mulher e Mãe

Tags

Newsletter

Get Interesting News

Join 1000+ people who get directly to inbox our recipes and tips for cooking.

Perda Gestacional

13 Junho, 2019 Susana Laranjeiro 3 min read No Comments

Perda Gestacional

13 Junho, 2019 Susana Laranjeiro 3 min read No Comments
Bebés, Anjos que passam e fazem parte da nossa história de vida!

Quando um Ser especial faz parte da nossa história!

Já tinha ouvido algumas histórias de Mulheres que tinham perdido os seus filhos em fase gestacional, no entanto nunca imaginei que houvesse tanta Mulher com histórias parecidas à minha! Pensamos sempre que o que acontece ao outros dificilmente poderá acontecer a nós, a verdade é que a vida mostra-nos que tudo é possível!

Em outubro de 2018 soube que estava grávida pela 2º vez, mas muitos medos surgiram com as primeiras perdas de sangue. Muitas grávidas têm e depois corre tudo bem, mas da 1º gravidez nunca tinha tido e confesso que me assustei um pouco! Após uma ida ao hospital, disseram-nos que estaria com um descolamento significativo e precisava de algum repouso.

Sempre tive a ideia e a experiência que a gravidez é algo especial, alegre e leve mas esta gravidez mostrou-me como tudo pode ser o oposto. Perdi sangue durante 2 meses e ao longo desse tempo surgiu uma hemorragia interna, aliada ao descolamento. Tive de ser internada durante 8 dias com repouso total. Posso dizer-te que não foram dias fáceis, deixar uma criança em casa com 19 meses ( o nosso filho esteve sempre comigo) e ver-me deitada numa cama de hospital. Com todo este cenário sempre acreditei que o bebé estava e tudo iria passar!

Todos os dias escutava o coração do bebé, quando realizava as ecografias diziam me que o bebé estava bem ( apesar de fora da placenta o cenário não ser dos melhores)

Depois voltei para casa, mantendo repouso. Com o auxílio da Doula Célia Jorge https://www.facebook.com/celia.jorge2 sintonizei-me com o meu interior tentando perceber toda esta situação. Eu acredito que nada é por acaso e tudo nos traz um ensinamento, uma evolução interior. Este desafio era mais um que exigia de mim parar,sentir e evoluir como Ser.

O estado de consciência em que nos encontramos perante uma situação faz toda a diferença na forma como reagimos a ela e na sua resolução! Foi nessa semana que senti que este bebé não iria sobreviver, que era preciso eu aceitar a perda! Muitas pessoas questionam-me como isso se faz…

Não é tarefa fácil, leva tempo e é preciso muita vontade interior em aceitar que nada é nosso, nem mesmo os filhos que nascem de nós! E ali começava o meu novo processo.. nessa semana ( dezembro de 2018) tive novamente perdas de sangue e voltei ao hospital, quando fiz ecografia o médico disse-nos que o bebé já não estava vivo!

Foi sem dúvida um momento difícil, doloroso! De seguida, o médico explicou-nos que eu teria de ficar internada novamente para poder fazer a expulsão do bebé ( já estava de 4 meses e o bebé já estava praticamente formado). Não fazia a mínima ideia de que abortar seria tão doloroso, pois tive dores e contrações como um parto normal! Não sabia se era mais doloroso a dor física ou a dor da alma!

Lembro-me que durante o processo de parto, o choro e a tristeza invadiram-me e ali fiquei até o bebé sair. A sensação era estranha, apesar da tristeza surgiu uma leveza devido ao processo, ali começou a aceitação de que aquele bebé, aquela alma cumpriu o seu dever e seguiu! Guardo no coração este anjo que tive o privilégio de sentir durante 4 meses!

Cada experiência é uma experiência, o importante é aceitar e deixar ir, largar o que não nos pertence. Amanhã será um novo amanhecer e uma grande oportunidade de fazer acontecer novas coisas!

Se já aconteceu contigo, recebe o meu abraço e acredita que tudo é da forma que tem de ser!

Susana Laranjeiro

Olá, A vida ensinou-me que encontramos as pessoas certas no momento certo. Desta forma se vieste até aqui acredito que tenha uma razão. Feliz por puderes ler e conhecer sobre mim. Chamo-me Susana Laranjeiro Henriques, adoro escrever acerca da vida e partilhar as minhas experiências enquanto Mãe e Mulher. Foi através da procura de várias mulheres no interesse pelo feminino e maternidade que me levou a criar este blog. Acredito que posso realmente melhorar o mundo à minha volta através da escrita! Espero que encontres sempre as pessoas certas no momento certo. Grata

All posts

No Comments

Leave a Reply

Eu aceito a Política de Privacidade

×